welcome

Photobucket

Seguidores

Honra teu pai e tua mãe...

Image Hosted by ImageShack.us


Honrar pai e mãe é demonstrado através de palavras e ações que surgem de uma atitude interior de estima e respeito pela posição que ocupam.

A palavra grega para honra significa reverenciar, estimar e valorizar. Honrar é dar respeito não apenas pelo mérito, mas pela posição. Por exemplo, algumas pessoas podem não concordar com as decisões de seu presidente, mas ainda devem respeitar sua posição como líder de seu país. Semelhantemente, filhos de todas as idades devem honrar seus pais, quer seus pais “mereçam” ou não.

Deus nos exorta a honrar nosso pai e mãe. Ele tanto valoriza honrar aos pais que incluiu esse princípio nos 10 mandamentos (Êxodo 20:12) e novamente no Novo Testamento: “Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa, para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra” (Efésios 6:1-3)

Fonte:Questions.org

A alegria do Senhor é a nossa força.

Image Hosted by ImageShack.us



“...portanto, não vos entristeçais, 
porque a alegria do Senhor é a vossa força.”
Ne 8:10b


O caminho para a reconstrução dos muros de Jerusalém havia estado repleto de obstáculos. O povo teve que lutar contra rumores, divisões, oposição e fadiga. Eles haviam sentido o forte desejo de desistir da tarefa que tinham pela frente: tiveram a tentação de jogar a toalha. Um situação difícil é mais que propícia ao desânimo, terra fértil para que a ansiedade se instale em nossos corações.

Convicto dessa realidade, o cristão não engana a si mesmo quanto a seus sentimentos. No entanto, sabe que estes devem ser tratados imediatamente para não afetar a vida espiritual. Jesus, como Neemias, sabia que era essencial reavivar a alegria, pois esta é a fortaleza do homem espiritual. Sua agonia no Getsêmani não terminou enquanto ele não se recuperou.

Foi fortalecido “pelo gozo que lhe estava proposto para suportar a cruz” (Hb 12.2). Este tipo de gozo não é um sentimento, senão uma convicção espiritual. As circunstâncias podem ser adversas, porém o gozo chega quando conseguimos tirar os olhos das coisas que se veem e olhamos firmemente na direção das coisas que se não veem (2 Co 4.18).


Senhor, as dificuldades e aflições não podem substituir a alegria da tua presença em meu coração. Transborda-me com o teu gozo. Em nome de Jesus, amém.

Fonte: cada dia

NÃO CONSTRUA MONUMENTOS À DOR

Image Hosted by ImageShack.us

“... Não me chameis Noemi; chamai-me Mara, porque grande amargura me tem dado o Todo-Poderoso.”
Rt 1.20

A família de Noemi morava em Belém, a casa do pão. Mas houve um dia que faltou pão na casa do pão e essa família se mudou para Moabe em busca de sobrevivência. Em Moabe encontraram a morte e não a vida. Ali, Noemi sepultou sua família. Agora, ela está velha, viúva e pobre em terra estranha.
Noemi está de volta à sua terra, pois soube que Deus visitara Belém com pão. Rute, sua nora, devota-lhe admirável afeição e a acompanha. Ao chegarem a Belém, Noemi ergue um monumento à sua dor, trocando de nome. Ela disse às mulheres de Belém: “Não me chameis Noemi; chamai-me Mara, porque grande amargura tem me dado o Todo-Poderoso”. Noemi significa feliz e Mara, amargura.
Noemi, contrariando o significado do seu nome, veste o manto da tristeza e finca no solo de sua terra natal um monumento à desventura. Noemi não sabia, mas na sua dor, Deus estava escrevendo um dos mais belos capítulos da história. Ela veio a se tornar a avó do grande rei Davi e ancestral do Messias. Deus também está trabalhando em sua vida. Confie nele e não construa monumentos à dor. 

Pai querido, dá-me forças para que não sucumba à tentação de permitir que as minhas frustrações me definam. Revigora a minha alma em tempos de aflição. Em nome de Jesus. Amém. 

Fonte: cada dia

Para você!!!

Photobucket

 
Voltar